fake-news

Será que nós sabemos do que precisamos?

Eleições 2018 estão aí batendo em nossa porta. Mas será que sabemos o que é necessário para mudar o nosso país?

Na minha humilde opinião, não. Por que digo isso? Basta conversar com qualquer pessoa sobre os problemas do Brasil que você perceberá que as opiniões dominantes convergem apenas em tirar as pessoas erradas das funções certas.

Esse é o problema. A consolidação do MEC como senhor da nossa educação, bem como as mensagens da mídia, limita o imaginário popular a esta hipótese somente. Nenhum veículo de comunicação nos diz o quanto seria importante a separação das chefias de Estado e governo e suas respectivas funções. Ninguém, muito menos o MEC, instiga a nossa reflexão sobre a extinção de algumas funções governamentais, diminuição da intervenção estatal na economia ou, o que seria o nosso nirvana, a mudança do regime de governo(monarquia seria o ideal na minha opinião).

Basta parar e pensar um pouco. Desde o dia que você nasceu até hoje você já viveu num Brasil se encaminhando para o ideal? Nesse mesmo período, soube de alguma promessa diferente do que fazer melhor uso do orçamento público? Claro que não!

Qualquer promessa diferente desta seria a diminuição do Estado. Isso significaria menos impostos, já que o Brasil não prestaria determinados serviços. Menos impostos significa menos corrupção. E agora? Como roubarei??

O erro é achar que a corrupção é um desvio do sistema e não perceber que ela é a razão do sistema, e que os discursos emotivos e as promessas de um país melhor são apenas artifícios para que nós aceitemos de bom grado os impostos cobrados.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s